Cadastro Histórico com Drones – baixo custo e maior segurança

21 de maio de 2020 | Aerofotogrametria, Urbanismo

Os benefícios e a facilidade da captação de imagens e de dados com a ajuda de drones podem ultrapassar os limites dos projetos e construções modernos e alcançar também prédios históricos. Imóveis construídos há dezenas de anos podem ser inspecionados/cadastrados de forma rápida e precisa com a tecnologia dos drones.

Dessa forma, as observações necessárias em caso de suspeita de danos, por exemplo, são realizadas de forma mais segura, rápida e barata, uma vez que não serão necessárias a instalação de andaimes nem a presença de pessoas para fazer esse trabalho. Com isso, o custo das operações se torna mais baixo, além da segurança que os drones proporcionam.

O que é um drone?  

Antes de entender melhor como se dá o processo de cadastro e imóveis históricos, é importante saber mais sobre equipamentos que possibilitam esse tipo de serviço, que são os drones e os Veículos Aéreos Não Tripulados (VANTs). Ambos são veículos que não precisam de tripulação para voar, sendo controlados remotamente.

Esses equipamentos devem respeitar o Regulamento Brasileiro de Aviação Civil Especial (RBAC) nº 94, apresentado pela Agência Nacional de Avaliação (ANAC), que acaba de completar dois anos em vigor. O documento estipula o quem pode manipular os drones, locais onde é proibido o uso do equipamento, entre outras exigências.

Vantagem do uso de drones para cadastro histórico

Imóveis antigos e históricos, em função da ação do tempo, precisam de reparos e restaurações constantes. Chuvas, ventos fortes ou problemas na fiação elétrica, por exemplo, podem render sérios problemas para essas edificações, causando risco de incêndio, desabamentos e outros desastres.

O acompanhamento dessas estruturas precisa ser constante e preciso. Com os drones, esse trabalho é feito de maneira rápida, profissional e totalmente detalhada.

Veja abaixou essas e outras vantagens do uso dos drone em construções históricas:

  • Ações mas seguras: Com o drones, o monitoramento e a captação de imagens de todo o prédio não precisarão ser feitos por um profissional, que correria risco subindo até partes mais altas das fachadas, por exemplo, com a ajuda de andaimes;
  • Rapidez: A verificação da edificação e a captação de dados e imagens podem ser feitas de forma muito mais rápida, já que os drones chegam aos lugares mais difíceis. Essa agilidade reflete também nos reparos e restaurações que as imagens apontam como necessários;
  • Baixo custo: Parte de toda mão-de-obra humana necessária para monitoramento dos imóveis históricos pode ser substituída pelo drone, bem como estruturas necessárias, como andaimes, equipamentos de segurança, entre outros. Dessa forma, o valor investido para esse tipo de ação será reduzido.

Cadastros históricos de sucesso realizados com drones

Ortopixel fez o levantamento cadastral arquitetônico da Igreja Nossa Senhora do Monte Serrat, em Salvador, Bahia, através de técnicas como a Fotogrametria Digital e o Dense Stereo Matching (DSM) com a ajuda de drones. O objetivo era demonstrar de forma prática como funciona esta metodologia e as possibilidades por ela proporcionadas.

Para a captura das imagens foi escolhido um drone multirotor por permitir maior mobilidade para orbitar uma edificação de forma pontual. Foi utilizado um sensor RGB com resolução 12.4 megapixels, distância focal de 20 mm e sistema de posicionamento GPS/GLONASS.

O levantamento fotográfico garantiu um resultado de 129 imagens, que foram processadas para reconstituição através da correlação de pontos homólogos entre as fotografias sobrepostas e obtenção do modelo tridimensional de nuvem de pontos, com as coordenadas e cores dos pontos obtidos, para então gerar e exportar os produtos necessários para diversas aplicações de diferentes áreas de conhecimento, entre elas:

  • Cadastro de edificações de grandes dimensões, formas complexas e irregulares de difícil medição;
  • Documentação de edificações históricas;
  • Reconstituição tridimensional de edificações, para estudo de incidência solar e sombreamento.

Outra ação de sucesso envolvendo drone e imóveis históricos está sendo desenvolvida pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). A instituição vem utilizando um Veículo Aéreo Não Tripulado (VANT), para realizar inspeções nos edifícios que compõem o Núcleo Arquitetônico Histórico de Manguinhos.

Para a direção da Fiocruz, o equipamento representa mais economia, segurança, e, principalmente, tempo. Antes do drone, era necessário recorrer à contratação da montagem de andaimes para verificar a integridade de um telhado após uma chuva, por exemplo, o que custava em torno de R$ 5 mil. Hoje esse investimento não é mais necessário.

Outros posts

Importância da batimetria e agrimensura na topografia com drone

Importância da batimetria e agrimensura na topografia com drone

Partindo do pressuposto de que a topografia é repleta de vantagens e permite análises e planejamentos cada vez mais estratégicos e precisos, através de levantamentos bem detalhados, é possível trazer ao centro do debate dois fenômenos valiosos - batimetria e...

Vantagens da topografia com drone

Vantagens da topografia com drone

A topografia com drone chegou ao mercado tecnológico anunciando inúmeras oportunidades para as empresas. As vantagens para empresas que utilizam a topografia com drone permitem análises e planejamentos cada vez mais precisos, através de levantamentos bem detalhados....