Levantamento Cadastral Arquitetônico com Drone

10 de setembro de 2020 | Aerofotogrametria, Arquitetura, Cadastro Arquitetônico

Você sabia que é possível realizar levantamento cadastral arquitetônico utilizando o drone como ferramenta de medição?

Sabe quais as vantagens do uso desta ferramenta?

Confira e entenda mais sobre esta metodologia de cadastro!

 

Como funciona?

O uso dos drones para a realização de levantamento cadastral arquitetônico é possível quando se utiliza a tecnologia da aerofotogrametria que possibilita a medição de objetos através de fotografias. Para esta aplicação é necessário utilizar um drone multirotor, que tem a capacidade de permanecer estático no ar. Este equipamento possui um sistema de posicionamento geográfico embarcado, que possibilita o controle exato de sua posição, sendo possível realizar o planejamento da posição de cada tomada fotográfica, o que garante o controle de parâmetros essenciais para se obter um bom resultado, como proximidade do objeto levantado, altitude e ainda a sobreposição entre as imagens tiradas.

 

Com as imagens obtidas através do controle destes parâmetros, é possível realizar em software de processamento de imagens, a reconstituição digital da edificação de interesse, a partir da associação de pontos homólogos em duas ou mais fotografias com áreas sobrepostas entre elas. Utilizando esta técnica e com a obtenção dos dados da câmera utilizada, é possível reconstituir no espaço aquele ponto. Ele passa a ter coordenadas x, y e z, recompondo o objeto de forma digital e tridimensional.

 

Durante este processo, são obtidos produtos como o modelo tridimensional de nuvem de pontos, malha TIN (malha triangular irregular) e ortofoto das fachadas. Todos estes produtos possuem interoperabilidade com ferramentas CAD e BIM. As ortofotos podem ser importadas em software CAD para a realização de vetorização das feições da edificação. Assim como o modelo tridimensional de nuvem de pontos pode ser importado em software BIM para a modelagem da edificação levantada.

 

Quando e por que utilizar o drone para cadastro arquitetônico

A metodologia de levantamento cadastral arquitetônico com uso de drone pode apresentar grandes vantagens quando comparada a técnicas tradicionais de levantamento, principalmente quando se trata da realização de cadastro de edificações muito grandes, complexas ou com grande riqueza de ornamentos e detalhes, como por exemplo edifícios históricos.

 

Com o uso do drone é possível percorrer e acessar toda a edificação de forma remota e com segurança, em todos os seus detalhes, permitindo se aproximar de locais que poderiam ser de difícil acesso, evitando o uso de andaimes ou plataformas elevatórias, sem a necessidade de acesso para medição direta.

 

Desta forma, em um curto espaço de tempo, é possível fotografar toda a edificação e gerar em escritório de forma rápida os produtos requisitados do objeto levantado. É uma grande vantagem desta técnica quando comparada à medição direta, por exemplo, que exige uma grande disposição de tempo para a obtenção de todas as medidas da edificação.

 

Há vantagem também quando comparado à varredura por laser scanner, principalmente quando se trata de áreas externas. O drone se apresenta como um equipamento de baixo custo quando comparado ao laser scanner, tornando todo o processo mais econômico.

Outros posts